sábado, 31 de outubro de 2009

credo das bruxas

"Saber,
Ousar,
Querer,
Calar;
estas sao as quatro palavras do mago,
pois pra Ousar precisamos Saber.
E pra Querer precisamos Ousar.
Nos podemos Querer um imperio.
Mas, para reinar, precisamos Calar"

saber - precisamos libertrar a mente de todo o entulho, lixo, nocoes sem valor. somente assim seremos capazes de nos abrir para as dadivas do conhecimento e da verdade que nos aguardam.

ousar- devemos ousar para superar nossas ignorancias e crencas arraigadas. somente assim obteremos forca necessaria para trilhar o caminho da arte.

querer - sem a presenca da nossa vontade nossa magia nao chega a lugar algum. para que nossos esforcos sejam bem-sucedidos precisamos querer nossos objetivos a ponto de nos confundirmos com eles.

calar - esta eh uma questao de duplo aspecto. o primeiro aspecto fala que devemos adiquirir capacidade de lidar com paz e o silencio do nosso mundo interno, e dai cultiva-los. somente assim seremos capazes de ouvir as vozes dos deuses e da nossa verdade interna. ja o segundo aspecto diz respeito ao mundano. infelizmente ainda existe no mundo mt gente intolerante e apavorada, de modo que devemos distinguir aqueles que querem ser realmente esclarecidos. eis pq o silencio eh sempre necessario para proteger a nos mesmo e a arte.

a arte - dorothy morrison

terça-feira, 27 de outubro de 2009

alegria



joss stone vem ao brasil ...

Choking Kind & You had me nesse video.

http://www.youtube.com/watch?v=qBOKFpAhBbg&feature=PlayList&p=908B47D38149906C&playnext=1&playnext_from=PL&index=24

segunda-feira, 19 de outubro de 2009

efervescente



de alguem muito especial pra alguem muito muito especial

É, morena, tá tudo bem
Sereno é quem tem
A paz de estar em par com Deus
Pode rir agora
Que o fio da maldade se enrola

Pra nós, todo o amor do mundo
Pra eles, o outro lado
Eu digo mal me quer
Ninguém escapa o peso de viver assim
Ser assim, eu não
Prefiro assim com você
Juntinho, sem caber de imaginar
Até o fim raiar

marcelo camelo

http://www.youtube.com/watch?v=ZkR4zSerKss&feature=player_embedded

sexta-feira, 16 de outubro de 2009

quarta passada


Jan diz:
escreveu isso td na casa do bark?
Maria Amora diz:
vc nao lembra?
na mesa, nós 3
Jan diz:
sim sim, mas td ?
Maria Amora diz:
td
pq?
a gnt tava conversando e eu anotava o que colava em mim
Jan diz:
achei q o final tivesse sido escrito depois
simsim
Maria Amora diz:
não, na hora que o bark atava apertando meu pé
e depois ele me mandou meditar!
Jan diz:
hahaha

sexta-feira, 2 de outubro de 2009

a minha cabana




ai amor
amor que me ensinaram
amor que descobri
amor que me empurraram
amor que eu não vivi
e por que pensar em amor
se sobre ele nada sei?
e será mesmo que nada sei?
não quero tirar onda de poeta amargo
descrente
ate porque tenho minhas carências
só que minha carência me expõe
é demandosa e vai contra o meu sustento
me torna dependente
vulnerável
e depois de tudo que rolou
já não confio nos cuidados alheios
e por mais largos que sejam os ombros
não confio
hoje aceito a falta de teto
ate que é bom
assim abraço as estrelas
aí vivo como lagarto
entre o seco e o molhado
entre
por vezes o sol sustenta minha paz
por vezes chove muito
e tem dias que preferia não me molhar
aí o teto faz uma faltinha
penso em por umas palhas lá em cima
entregar pro tempo
nada como o tempo
céptico assim
com fé assim
Ah sim.